Artigos
2024-06-18
Se o Bloco K fosse obrigatório a partir de hoje, sua indústria estaria preparada?
Imagine se, a partir de hoje, o Bloco K do SPED Fiscal fosse obrigatório para sua indústria. Você estaria preparado? Descubra por que estar atento ao assunto é vital para a sua empresa e como se preparar adequadamente para essa transição.

A evolução do cenário fiscal brasileiro trouxe consigo inúmeras obrigações acessórias que visam aumentar a transparência e a fiscalização das atividades empresariais. Uma dessas obrigações é o Bloco K do SPED Fiscal, um dos componentes mais detalhados e complexos do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Neste artigo, vamos abordar a importância do Bloco K para a indústria, especialmente para aquelas empresas que, inicialmente optantes pelo Simples Nacional, precisam migrar para regimes tributários mais complexos como o Lucro Presumido ou Lucro Real.

 

O que é o SPED Fiscal Bloco K?
O Bloco K é a escrituração digital do Livro de Registro de Controle da Produção e do Estoque. Ele é uma das exigências do SPED Fiscal que demanda das empresas um controle minucioso de toda a produção e movimentação de estoques. Este bloco deve conter informações detalhadas sobre a quantidade de insumos utilizados, produtos acabados, perdas no processo produtivo e inventário de estoques, entre outros.
 

Empresas do Simples Nacional e a Transição para Outros Regimes
Empresas optantes pelo Simples Nacional, atraídas pela simplificação e benefícios tributários, frequentemente abrem múltiplos CNPJs para manter-se dentro dos limites de faturamento do regime. No entanto, à medida que essas empresas crescem, a contabilidade pode aconselhar a consolidação desses CNPJs em uma única entidade jurídica, migrando para regimes tributários como o Lucro Presumido ou Lucro Real.
 

Esta transição traz consigo uma série de novas obrigações fiscais e contábeis, incluindo a necessidade de atender ao SPED Fiscal Bloco K. A partir deste momento, surgem dúvidas cruciais como por exemplo: '' preciso entregar?'', ''como entregar?'', ''meu sistema fará isso?''


A Necessidade de Entregar o Bloco K
Toda empresa que industrializa, importa ou comercializa produtos sujeitos à incidência do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) está obrigada a entregar o Bloco K. A entrega desse bloco é crucial para garantir a conformidade fiscal e evitar penalidades severas impostas pelo Fisco.
 

Como Entregar o Bloco K
A entrega do Bloco K demanda um sistema robusto de gestão que possibilite a escrituração de forma detalhada e precisa. É necessário:
 

yes Implementar um sistema de controle de produção e estoque: o sistema deve registrar todas as movimentações de insumos e produtos acabados, perdas no processo produtivo, e realizar o inventário físico periodicamente.

yes Integrar o sistema de gestão à contabilidade: a integração facilita a coleta de dados e a geração do arquivo digital exigido pelo SPED Fiscal.
yes Treinar a equipe: a equipe deve estar bem treinada para realizar a correta escrituração e evitar erros que possam gerar autuações fiscais.


 

Seu Sistema de Gestão Atende ao Bloco K?
Um ponto crucial é verificar se o sistema de gestão atualmente utilizado pela empresa atende aos requisitos do Bloco K. Os sistemas devem ser capazes de:
 

  Gerar relatórios detalhados de produção e movimentação de estoques

  Automatizar a coleta de dados para evitar erros manuais

  Integrar-se ao SPED Fiscal para a geração do arquivo digital
 

Na TDS Sistemas, oferecemos um ERP que garante a conformidade com o SPED Fiscal Bloco K, facilitando a transição para regimes tributários mais complexos e assegurando que todas as exigências fiscais sejam cumpridas. Nosso sistema foi desenvolvido para simplificar a gestão de produção e estoques, proporcionando uma visão clara e detalhada dos processos industriais.
 

A atenção ao SPED Fiscal Bloco K é essencial para as indústrias que buscam manter a conformidade fiscal e evitar penalidades. A transição de múltiplos CNPJs do Simples Nacional para um único CNPJ sob regimes de Lucro Presumido ou Real exige uma adaptação meticulosa, especialmente no que tange à escrituração digital de produção e estoques. Investir em um sistema de gestão adequado e capacitar a equipe são passos fundamentais para o sucesso nessa nova fase.
 

Para mais informações sobre como nosso sistema pode ajudar sua empresa a atender ao SPED Fiscal Bloco K, entre em contato com a TDS Sistemas. Estamos prontos para auxiliá-lo em cada etapa desse processo.


Sandra Tronco
Comercial e Marketing

Leia também